Agents of Shield - Quase uma temporada para o fim.

Posted 11 meses in Filmes e Animações.

Esse post tem como objetivo dirimir o que ocorreu com Agents of Shield na 5ª Temporada, depois de uma 4ª Temporada excelente.

Agents of Shield - Quase uma temporada para o fim.


Olá, tudo bem com você ? Espero que sim, pois comigo está tudo bem. Bom, antes de prosseguir gostaria de advertir que neste post irei falar da quinta temporada da série Agents of Shield (Agentes da Shield), e isso acarretará em uma chuva de spoilers que provavelmente quem estiver assistindo ou tem interesse em assistir não ira querer continuar sem um guarda chuva, mas se você não se importa tem curiosidade sobre isso, não se detenha, leia esse artigo até se virar às avessas. Agora vamos lá...


Pois é, meu querido (a) amigo (a), se o título chamou sua atenção para esse post, saiba que não me responsabilizo se tiver um ataque depois de ler o que eu tenho aqui, principalmente se você ama a série, e não por acaso que o post te atraiu, porque se você é que nem eu que conhece uma série que tem potencial, mas cuja a direção está perdida igual cego em tiroteio, saberá porque Agents of Shield está àquem de uma renovação após exibir uma temporada para o fim.

Todos nós sabemos que essa série gira em torno do Universo Marvel, e se você não conhece esse universo ainda não sabe o que está perdendo companheiro(a). Mas voltando aqui, quando a Shield foi ao ar pela primeira vez em setembro de 2013, sua renovação não era notória mesmo a pesar de girar no dito cujo universo mencionado e ainda que tendo boa audiência, mas sem dúvidas ainda tinha muita história e muita coisa para desenvolver por mais de dez temporadas se assim permitissem.

Depois de uma primeira temporada de boa apresentação, seguida de uma segunda temporada meia boca e uma terceira que houve tremendo esforço para não levar ao encerramento da série (isso foi um pouco exagerado), quando tudo parecia certo para seu fim a quarta temporada chegou "arrebentando a boca do balão", e nos entregou uma temporada cheia de acertividades. Claro, estou sendo modesto, afinal eles acertaram em cheio em praticamente tudo e com facilidade encaminhou a série para a quinta temporada.

Motorista Fantasma - 4ª Temporada

A quarta temporada foi dividida em 2 arcos e foi a temporada que mais explodiu a minha cabeça, vi meus miolos voarem pelos ares a cada novidade dentro de cada arco da série, desde AIDA (Mallory Jansen), a inteligência artificial que queria se tornar humana, ao motorista fantasma e todo o framework onde as regras eram ditadas pela Hidra. Até a descoberta e escapada da Shield do próprio framework foi de tirar o boné. Essa temporada foi nota 10 por tudo que foi desenvolvido dentro dos arcos e nos trouxe esperanças para uma possível renovação, que como eu disse... aconteceu.

A.I.D.A - 4ª temporada


Na quinta temporada tinha tudo para seguir a qualidade da quarta, mas o que vimos foi um atentado terrorista depois de ver novamente os diretores se perderem, mas dessa vez parece terem ido um pouco mais além. Abandonaram a divisão de arcos, (opinião minha, pois não considero que dividiram nada nessa quinta temporada), e o maior problema dessa temporada é a falta de alinhamento de ideias. Vejamos..., os personagens viajam para o  futuro e lá descobrem o que acontecerá com a terra que eles conhecem, de ante da situação, o plano é voltar ao passado para mudar o futuro. Se você é igual a mim que acredita que mudar o passado automaticamente se cria uma nova linha de universo paralelo, então você também acredita que só de terem viajado para futuro iniciou-se outra linha paralelo, logo, ele não estariam mudando o futuro e sim começando em outra linha, deixando aquela inalterada, mas não se foque nisso, vamos prosseguir com outras coisas da temporada.

Desde o princípio da temporada logo percebemos que alguns personagens que tinha muito potencial, não faz nenhum sentido, um exemplo claro seria o vilão do futuro Kasius (Dominic Rains) o manda chuva. Depois que voltam para o passado reparamos que há novos personagens, mas depois de alguns episódios, só alguns episódios assistidos, percebemos que esses personagens novos caem de paraquedas na serie e também não fazem sentido, pois ficamos sem saber qual suas histórias e quais suas finalidades.

Kasius e Sinara sua leal súdita - 5ª Temporada

 No início, quando Kasius adentra na série como um membro de uma importante família, que agora governa e domina um pedaço de rocha onde escraviza os últimos humanos que sobrevivem sob suas ordens em uma época pós apocalíptica, tudo leva a crer que este vilão é incontestavelmente imbatível, e sua pôse e proteção o levará até o fim da temporada, porém, ele não significa nada e toda a sua postura física e estrutura intelectual é destruída na série, eles matam o personagem, mostrando que Kasius não serviu para nada.

Com o futuro em destroços, a ideia é nos fazer acreditar que Daisy Johnson (Chloe Bennet) a tremor, destruiu o planeta na tentativa de livrá-lo dos Krees.

Não é evidente se isso é verdade ou não, mas sem demora já começamos a entender que não foi Daisy quem destruiu a terra, mas não vamos esquecer que tudo isso ocorre no futuro, então, após matarem o insignificante Kasius, eles voltam para o passado para mudar a futura realidade, acontece que esse passeio no tempo faz o telespectador ficar confuso e no passado que vira a realidade atual, surge uma nova personagem a Ruby (Dove Cameron), e ela surge como uma novidade e aparentemente com características de vilã submissa falsa, conspirando e montando planos para ascender ao topo da "cadeia alimentar" se assim posso dizer, e finalmente você diz: "Pronto, essa personagem é tão forte que é capaz de destruir a terra, ela é certamente alguém que terá importância para o futuro do arco". Mas, nos enganamos de novo, Ruby e sua mãe e general Hale (Catherine Dent) que eu nem quis comentar, aparecem como quase que personagens cruciais para o desenrolar da história, Hale já vinha dando as caras mas não sabíamos o grau de sua importância, não para a direção, mas na série era general e comandava até mesmo um exército, mas no final de tudo elas (Ruby e Hale) não significaram e nem serviram para Nada... NAda... naDA... NADA.

Hale e sua filha Ruby - 5 ª temporada


Para a general Hale, a impressão que fica em minha mente é que tem como único objetivo ser alguém para intermediar os negócios entre a Hidra e os alienígenas Krees que tramam contra a terra para ficarem com o gravitonium e apresentar a nova personagem Ruby.

Sua filha Ruby, estaria sendo preparada para receber o gravitonium e se tornar uma super soldado a ponto de ter poderes suficientes para derrotar Daisy Johson a quase imortal de todos os agentes. Mas Ruby não aguenta o poder do gravitonium e perde o controle, logo Elena "YoYo" Rodriguez (Natalia Cordova-Buckley) corta o pescoço de Ruby com a própria arma de Ruby, e aí eu te pergunto... Quê isso Arnaldo? O lance foi legal?

Ruby - 5 ª temporada


A Ruby morreu do nada e acabou-se a possivel vilã, fomos mais uma vez enganados. Com isso, novamente o telespectador se depara com mais duas vilãs da série, que foram eliminadas de formas grotescas pela diretoria de Agents of Shield e não serviram de nada para a série, a não ser enrolar quem estiver assistindo.

Agora o mais surpreendente é que depois de tantos possíveis vilões aparecerem e morrerem das mais variadas formas insignificantes, surge o Glenn Talbot (Adrian Pasdar), e se você não souber ou não se lembra quem é ele, não tem problema, porque não há qualquer importância nisso, era o general/major das forças aéreas dos Estados Unidos e amigo do Coulson até então. Acontece que a imbatível e repito, quase imortal Daisy, na quarta temporada dá-lhe um tiro direto na cachola e Talbot cai duro. Daí se você pensa que ele morreu com um simples tiro na cabeça, você está muito enganado (a), Talbot é mais imortal que Daisy. O cara  reaparece na quinta temporada, e por causa dos vários testes da Hydra orquestrados por Hale, deixou o General lelé da cuca.

Prazer, eu sou Talbot - 5ª Temporada

Talbot se submete por conta e risco aos efeitos do gravitonium e por incrível que pareça ele domina esse poder no início, mas nada está certo pois mais uma vez, a série leva-nos a pensar dessa vez que quem destruiu a terra foi Glenn Talbot e assim por diante. Talbot coloca um traje ficando mais parecido com alguém que trabalha no círco, com todo respeito aos circos. Ele quer ser vilão e herói ao mesmo tempo, é duro aceitar que tinhamos esse possivel vilão em toda a séria desde a primeira temporada e nunca percebemos esse "potêcial" para vilão, mas, somente a direção de Agents of Shield percebeu isso.

O que parece é que Agents of S.H.I.E.L.D está sem direção, testando a cada mês um novo vilão. Mas colocarem o general ou ex general Talbot como vilão, aí já é apelação.

No final de tudo eu adoro Agents of S.H.I.E.L.D e fiquei muito feliz quando soube de sua renovação, por "parivel que increça" pelo menos dessa vez parece que serão apenas 13 episódios, mais que suficiente para desenvolver um bom vilão, uma trama tão boa quanto a quarta temporada e dar um final honrado para Agents of S.H.I.E.L.D, dessa vez não haverá tempo para nos enrolar assim.

 



Escrito por: Claudinei Ribeiro Santos
Nota: Por favor, se você tiver qualquer crítica ou correção para esse texto entre em contato comigo, ou se precisar compartilhar esse conteúdo para seu site ou externamente, dê os devidos créditos ao autor, pense que demanda tempo e não é fácil criar e editar um trabalho assim.

Obrigado, atenciosamente, Claudinei R Santos.



Morando em Brazil