Anac abre investigação pra apurar manobras arriscadas de helicóptero em Balneário Camboriú

Procedimento administrativo vai investigar manobras arriscadas

A agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) instaurou um processo administrativo para apurar o caso do helicóptero plotado com a logomarca da Havan que quase se acidentou ao tentar pousar em um trapiche à beira-mar, na praia de Laranjeiras, em Balneário Camboriú. 

A investigação iniciou nesta segunda-feira. Se ficar comprovado que houve irregularidade às normas de aviação civil, o piloto e o proprietário do helicóptero poderão sofrer penalidades. A sanções vão de multa até a cassação de habilitação do piloto e do certificado do helicóptero.

A aeronave tem a matrícula PT-HPL e, segundo o registro na Anac, pertence a BTS Indústria e Comércio de Serviço Náutico Ltda. Ele está registrado na categoria de “serviço aéreo privado”, mas teve o pedido para operar como táxi aéreo negado pela Anac. Já a situação de aeronavegabilidade está normal até 25 de agosto de 2021. 

O CNPJ da empresa BTS diz que os sócios são Marilza Peres Ribeiro e o Igor Trainotti Ribeiro, tendo como sócio administrador Anderson Peres Ribeiro. A empresa está registada na rua Emanuel Rebelo dos Santos, no bairro da Barra, em Balneário Camboriú, e tem como atividade principal a construção de embarcações para uso comercial e para usos especiais. A reportagem não conseguiu contato com a BTS até o fechamento desta matéria. 

O caso do helicóptero ganhou repercussão nacional no final de semana quando as imagens da tentativa de pouso ganharam as redes sociais. Vários banhistas esboçaram preocupação de o helicóptero se acidentar.

Também nas redes sociais, surgiram novas imagens, supostamente do mesmo helicóptero, sobrevoando a praia de Cabeçudas. Segundo a vizinhança, a aeronave voava baixo e causou medo aos moradores.

A rede de lojas Havan publicou uma nota dizendo que o helicóptero não faz parte da frota da empresa e só estaria com a logomarca porque faria propaganda para a rede de lojas. “É um helicóptero que usa um heliponto em um terreno de nossa propriedade e, em troca disso, estampa a logo da empresa, como forma de publicidade”, diz a nota explicativa da Havan.


igorsil3030

173 Blog Posts

Comentários